Um dos principais objetivos de qualquer empresa é aumentar seu número de vendas, garantindo mais receita e lucratividade para o negócio. Para isso, é importante investir em estratégias que não apenas atraem novos consumidores, como também garantem seu retorno para transações recorrentes, como os programas de fidelidade.

Essas ferramentas têm como objetivo melhorar a experiência de compra do cliente e gerar incentivos para que ele permaneça no relacionamento com a marca no longo prazo. Além disso, elas contribuem para que essas pessoas façam recomendações da empresa no mercado, trazendo ainda mais novos clientes para o negócio.

Quer saber mais sobre o assunto? Colocamos abaixo os principais tipos de programa de fidelidade, que mostram como podem ser usados e otimizar os resultados do seu negócio. Leia até o final para conferir!

Programas de Fidelidade de pontos

 O cartão fidelidade é o modelo mais simples e fácil de aplicar para conquistar a fidelização de clientes. Ele consiste em um documento físico ou virtual, normalmente um cartão, onde o cliente receberá benefícios toda vez que fizer uma compra.

Quando o consumidor alcançar um valor específico de bonificações, ele receberá um prêmio ou recompensa, como descontos ou até mesmo um produto de graça. Essa prática é muito utilizada nos negócios que trabalham com um mix de produtos ou serviços — como sorveterias, restaurantes, pet shops, salões de beleza etc.

O modelo é indicado para empresas que desejam aumentar a frequência de compra de seus clientes, afinal, quantos mais vezes eles retornam, mais rápido eles conseguem uma recompensa. A determinação dos prêmios deve ser feita de forma estratégica, garantindo que seu custo seja menor que o retorno gerado pelo aumento das vendas.

Clube de benefícios digital

Uma opção mais elaborada entre os programas de fidelidade é o clube de benefícios digital. Ele consiste em um ambiente online que o cliente é cadastrado com seu CPF, e pode acessar sua conta para consultar os pontos conquistados pelas suas transações com a empresa.

Assim como no modelo anterior, cada transação ou valor gasto resulta em uma quantidade de pontos que podem ser trocados por uma recompensa. Nesse caso, as regras para formação de pontuação e as opções de prêmios são diversas, aumentando as possibilidades que a empresa possui em oferecer benefícios para os seus clientes.

O ideal é avaliar o comportamento de compra dos consumidores atendidos, identificando um formato que seja atrativo para eles, bem como gere resultados positivos para o negócio.

A Sephora, por exemplo, permite que seus clientes troquem pontos por produtos da empresa e garante benefícios como envio de amostras grátis e devolução e entrega sem custo.

Já a Starbucks oferece um programa em que, além de acumular pontos em suas compras e poder trocar por itens nas unidades. Logo, seus clientes têm acesso exclusivo a novos produtos, recebem bebidas gratuitas em seu aniversário e café expresso grátis na compra de pacotes de café.

Programa de cashback

O modelo cashback é mais recente no Brasil, porém, faz sucesso em outros países. Ele consiste em permitir que o cliente receba um percentual de suas compras de volta para sua conta bancária. Para isso, é necessário utilizar uma empresa especializada no assunto.

As empresas de cashback recebem o repasse pelo negócio e realizam todo o processo de transferência do valor para os clientes. Assim, diferentemente dos modelos anteriores, com esse não é preciso se preocupar com prêmios ou recompensas em sistemas para acompanhar pontos.

Nesse sentido, um programa de cashback é mais fácil de administrar e oferece um grande benefício para os clientes: a possibilidade de receber dinheiro por fazer compras. Esse incentivo é muito valorizado, o que resulta em fidelização e aumento das vendas para o negócio.

Programa de coalizão

Caracterizado pela criação de convênios e parcerias com outros negócios para oferecer um número maior de benefícios para os consumidores. O programa de coalizão é uma ótima oportunidade para melhorar a experiência de compra do cliente e aumentar suas vendas ao mesmo tempo.

Para isso, é preciso criar parcerias com negócios que também são procurados pelo seu público, garantindo que eles vejam vantagens em consumir nos diferentes locais. Normalmente, eles ficam em uma região próxima, evitando que o consumidor precise se deslocar muito para ir de um ponto a outro.

Um exemplo dessa prática são os sorteios de carros e outros prêmios realizados em shoppings, em que todas as lojas do empreendimento estão presentes e os clientes podem participar gastando em diferentes opções.

Clube de vantagens pago

Outro modelo entre os programas de fidelidade são os clubes de vantagens pagos, ou seja, aqueles em que os clientes precisam contribuir financeiramente para fazer parte. Nele, existem benefícios exclusivos que geram valor para os participantes, garantindo que eles mantenham o relacionamento com a empresa por mais tempo.

Um exemplo muito conhecido da prática é o serviço Amazon Prime, da Amazon. Onde, os consumidores pagam uma taxa para fazer parte e recebem benefícios como preços exclusivos e entrega gratuita em até 2 dias para a maior parte de suas compras.

Apesar de parecer estranho, muitos consumidores valorizam esse tipo de programa, uma vez que ele cria exclusividade e garante benefícios importantes para eles. Assim, para funcionar é importante que seu público goste do modelo e que as recompensas sejam realmente exclusivas e valiosas.

Programas de Fidelidade personalizados

Os programas de fidelidade personalizado, são aqueles em que a empresa pode personalizar os benefícios e tipos de pontuação de forma mais eficiente. Isto permite que as vantagens sejam maiores para seus clientes.

Normalmente, eles exigem a contratação de uma empresa parceria para garantir que as estratégias sejam criadas de forma eficiente. O interessante dessa prática é que esse parceiro pode apresentar uma rede de outras empresas e garantir uma ampla gama de benefícios para os participantes.

O uso desse modelo é muito comum entre empresas do setor bancário. Oferecer aos seus clientes a possibilidade de fazer parte de um clube que tenha diversos produtos e serviços disponíveis para serem trocados por suas pontuações. Podendo também, ser trocado passagens aéreas, em alguns casos.

Fica evidente que os programas de fidelidade são ferramentas importantes para otimizar os resultados de qualquer empresa, oferecendo uma experiência de compra e relacionamento mais vantajosa para seus clientes.

Agora que você conhece os tipos de programas de fidelidade e como eles se diferenciam, que tal investir em um para o seu negócio? Entre em contato conosco da Brazilian Card e escolha a melhor opção para o seu negócio!